Escolha uma Página

O que é PHP?

PHP é uma das linguagens de programação de código aberto e gratuita mais utilizadas no mundo. Para se ter uma idéia, o Facebook foi construído majoritariamente em PHP! Em se tratando de WordPress, é o PHP que essencialmente pegas as informações do seu banco de dados, processa e “monta” os arquivos HTML que seu navegador te mostra. O PHP opera no back-end, ou seja, no servidor onde o seu WordPress está instalado. Como comparação, peguemos o Javascript que é uma linguagem que é processada no front-end, ou seja, no próprio computado do visitante do site.

Atualizações do PHP

Assim como o WordPress, o PHP também recebe atualizações e melhorias. No momento em que este artigo é escrito, a versão mais atual do PHP é a 7.3. Para se ter uma idéia de como essas atualizações são significativas, a versão 7 do PHP é cerca de duas vezes mais rápida do que a versão 5.6 anterior. (Não há PHP 6). Não bastando os ganhos de performance, o PHP 7 tem uma sintaxe mais fácil de se ler e as correções de segurança fazem com que os sites que usam esta versão sejam mais difíceis de serem hackeados.

Como saber qual versão do PHP estou usando?

Antes de se preocupar em usar a versão mais recente do PHP, é necessário primeiro saber qual a versão que está de fato em uso em seu servidor. Muitos painéis de hospedagem mostram esta informações em algum lugar, mas se você não tem acesso ao painel ou simplesmente quer ter esta informação disponível diretamente no Dashboard do seu WordPress, a forma mais fácil é instalar o plug-in “Display PHP Version“.

É hora de atualizar o PHP?

Ok, seu site além de lento foi invadido. Você descobriu da pior forma possível que é hora de atualizar seu PHP. Supomos que a empresa que hospeda seu site permita que você faça o update, (Se não permitir, é hora de procurar outro serviço). É sempre um pouco arriscado fazer o update já que é possível que seu website contenha códigos com os quais a nova versão do PHP não será compatível. Se isso acontecer, alguns ou todos os seus sites poderão se comportar de maneira estranha após a atualização. Vamos ver como evitar que isso aconteça.

Atualize Tudo!

Como os problemas do PHP geralmente têm a ver com o código antigo, é melhor atualizar seus plug-ins, tema e versão do WordPress antes de fazer qualquer outra coisa. Como na wpfuse seus plugins, temas e o próprio WordPress são atualizados automaticamente, é provável que você possa pular esta etapa.

Atualizando o PHP

Existem várias maneiras de atualizar seu PHP. Algumas podem parecer complicadas, como usar comandos SSH, ou demoradas, como solicitar ao suporte da sua empresa de hospedagem para proceder com a atualização, mas em vez disso, faremos isso da maneira mais fácil: usando o painel de controle da wpfuse:

Na wpfuse, você pode escolher a versão do PHP que irá rodar em cada um dos seus sites independentemente.

Certifique-se de que tudo parece certo e funcionando corretamente

Mesmo que você tenha feito tudo corretamente, sabemos que sites podem ser imperfeitos. Uma vez que seu PHP é atualizado, vá ao seu site e verificar tudo. Clique em cada página, teste os recursos e plugins. Caso seu site passe a se comportar de maneira estranha é só voltar para a versão anterior. Não se esqueça de limpar o cache do seu site após a mudança e caso tenha qualquer problema é só chamar o suporte. =)